Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




POEMA (7)

por Francisco Galego, em 10.07.19

 

Decidi publicar alguns poemas retirados de obras de autores reconhecidos como notáveis poetas, porque não sei responder com clareza a perguntas como as que assim expresso:

Afinal qual é a essência da poesia?

Amontoar palavras e informações?

Revelar muitos e profundos conhecimentos?

 

Ora, a poesia,

mesmo um pequeno poema,

dizendo em poucas palavras,

poucas coisas, quase nada,

pode sugerir tanto, tanto,

que consegue produzir,

um imenso sentimento ...

 

Para exemplificar:

 

São Silveirinha (1972)

 

MARCHA

 

QUE NINGUÉM

NOS TENTE TRAVAR O SONHO!

O alento que nos impulsiona.

 

QUE NÃO NOS CALEM A VOZ!

O arco dos nossos anseios.

 

QUE NÃO NOS APRISIONEM A ALMA!

A nossa força motriz.

 

QUE MÃO NENHUMA SUFOQUE O NOSSO GRITO!

O escape da nossa inquietude.

 

QUE NENHUMA CORRENTE DE FERRO

NOS IMPEÇA O CAMINHAR!

O nosso passo é firme, inabalável.

 

SOMOS DONOS DA NOSSA VONTADE

E COMANDAMOS O NOSSO DESTINO!

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 08:40


1 comentário

De Anónimo a 11.07.2019 às 05:56

Boa noite. Uma veia artística rica e fecunda. Parabéns.
Encontrei, casualmente, esta Sua janela para Além-Caia e para a Vida ao realizar uma busca sobre o Dr. Raquelino dos Reis Anastácio.
Com tristeza, deparei -me com uma alusão ao seu falecimento, deixado por um Seu Amigo, salvo erro, um Dr. Colaço.

Seria possível referir algo sobre esse distinto Médico, que conheci em Moçambique?
Eu, com 22 anos era Alferes Miliciano e ele seria uns anos mais velho. Durante um período breve, mas marcante, conversávamos na Messe de Oficiais.
Reiterando os meus parabéns,
Cordialmente,
Alberto
Tlmv. 96 51 41 563

Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D