Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




O CASTELO DE CAMPO MAIOR

por Francisco Galego, em 22.03.19

A fortaleza a que se chama castelo contém verdadeiramente dois castelos. Do mais antigo restam alguns panos de muralhas e partes do castelejo.

A parte maior, a mais moderna, compreende dois planos, tem seis torres com plataformas, podendo, em cinco delas, laborar a artilharia de rodízio. As torres são todas ligadas por parapeitos com canhoneiras. Há também uma torre de vigia no plano superior e é aí a praça de armas e a ermida.

Do lado do Ocidente eleva-se um recinto ameado, com duas torres, ao Norte e ao Sul, resto do primitivo castelo, destruído em grande parte pela terrível explosão do armazém da pólvora em 1732. As ameias, os adarves e algumas seteiras que restam, estampam nesta construção o selo interessante da Idade Média.

Nada, porém, denuncia ali um edifício dos árabes – contra ao que pretendem alguns antiquários.

A lenda da moira encantada poder-se-ia considerar tradição oral transmitida de pais para filhos, se a poesia popular não tivesse encantado, em todos os velhos castelos, uma moira, mais ou menos formosa, protesto eloquente contra um certo fanatismo religioso.

(Texto elaborado com base na obra publicada por João Dubraz em 1868 e 1869)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:05


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D