Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]




EM DEFESA DA DEMOCRACIA... (5)

por Francisco Galego, em 20.02.19

PRINCÍPIOS FUNDAMENTAIS DAS SOCIEDADES DEMOCRÁTICAS

A sociedade democrática é uma sociedade integradora, não repressiva, que evita, tanto quanto possível, recorrer a métodos de exclusão. E, isso que constitui uma das suas maiores virtudes, torna-se muitas vezes o seu maior ponto de fraqueza. Há os que se aproveitam das liberdades democráticas para se instalarem nos cargos políticos, para constituírem grupos de influência e de interesses (lobbyes), escondidas cumplicidades e imoralidades (conspiratas), secretos esquemas  (negociatas), e tráfico de favores (corrupções), criando uma situação de generalizada promiscuidade que favoreça os seus objectivos pessoais.

A democracia como sistema aberto e permissivo que é, por condição, possibilita a emergência destes oportunistas. Mas, o seus objectivos são o contraposto da democracia. São sistemas que, embora formalmente pareçam, são efecticamente não democráticos,  porque colocam no poder os que têm como projecto político esmagar liberdades, direitos e garantias para imporem os seus interesses e a sua vontade.

Qual é, portanto a solução? A solução é que os cidadãos assumam uma correcta posição cívica, mantendo-se atentos e participativos na vida colectiva. Que usem de forma adequada o poder do seu voto quando se trata de escolher os mais competentes e os mais capazes. Que se oponham firmemente a todas as ilegalidades, abusos de poder e desmandos. Essa é a tarefa de todos nós, os que apreciamos viver com honestidade, paz, boa consciência, justiça e tranquilidade.

Com a sua tolerância e concessão das mais amplas liberdades, - mesmo para os que a não aceitam e a combatem -, a democracia abre portas às mais diversas críticas e expõe-se a todos os tipos de ataques. Talvez por isso, desde a constituição dos primeiros estados democráticos, muitas têm sido as tentativas de destruição deste modelo civilizacional. Todas elas resultaram em grandes desastres, implicando grandes sofrimentos para os povos que tiveram de suportar as suas consequências. Apresentando-se como magníficas soluções, todas essas tentativas degeneraram em totalitarismos e resultaram em grandes retrocessos na evolução da humanidade.

Há, no ideal democrático, muito de saudável utopia. Por isso, a democracia como modelo ideal de sociedade tem persistido, pois que, apesar de todas as suas insuficiências, continua a ser o caminho mais adequado e mais justo para se caminhar na direcção dos princípios orientadores que lhe servem de base e que são os direitos  e deveres de :

LIBERDADE, IGUALDADE, FRATERNIDADE.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 00:04


1 comentário

De Manuel Salvador P Pinheiro a 21.02.2019 às 19:37

Para ler mais que uma vez. Muito bem escrito, com clareza e preciso nos pontos fortes da Democracia, mas cada vez, como aponta, é maior o numero dos que ao abrigo da Democracia, cometem os maiores crimes de lesa Patria. E um fatar vilania.

Comentar post



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D