Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]




A FEIRA DE AGOSTO, HÁ 137 ANOS

por Francisco Galego, em 29.08.19

(...) Tivemos nos dias 15, 16 e 17 a feira anual, feira única, que talvez fosse de grande benefício  para a povoação que se não fizesse, visto não trazer dinheiro de fora, e antes ser ocasião para o metal sair em inúteis despezas, mais capazes de manterem o vício do luxo, que de realizarem as convenientes trocas entre o que a vila tem demais e o que aqui se sente de menos. 

         Já há tempos se pensou em melhorar esta feira, adoptando-se meios conducentes a acudirem aqui gados das espécies próprias do trabalho agrícola, de modo a tornar-se mais útil este mercado anual que, como está, é inferior a muitos mercados semanais de terras que, nesse ponto, foram mais felizes.

         Antigamente, esta feira fazia-se a 24, 25 e 26 de Agosto. Mas, porque coincidia com as de outras vilas, não muito afastadas, parecia ser isso a causa do amesquinhamento da nossa. Foi transferida para os dias em que agora se faz.

Mudou de local. Foi transferida para fora da porta de S. Pedro. Cuidado perdido que não resultou, pois a tentativa passou a ter mais pó, mais aperto com as dificuldades policiais, enfim, um fiasco completo, que só se fez por dois ou três anos.

         Volveu a feira ao seu ao seu campo tradicional, ou seja, voltou a ser quadripartida entre a praça de D. Luís (actual Praça da República), a rua de S. Pedro (ou Major Talaya), a rua 13 de Dezembro ( ou da Canada) e o largo dos Carvajaes.

---------------------------------------------------------------------------

Nota: Esta é a notícia mais antiga que conheço sobre a "Feira de Campo Maior". Foi publicada no jornal "O Elvense", nº 173, de 24 de Setembro de 1882, pág.s 1 e 2. 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 16:52


Comentar:

Mais

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D