Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O QUE DIZEM OS DOCUMENTOS XL

por Francisco Galego, em 13.07.11

Mais uma vez uma interrupção por três anos vem colocar o problema da falta de regularidade na realização das Festas. Quando regressam em 1957, talvez porque ainda estavam muito presentes os problemas e as críticas levantados em 1953 e que apontavam para a grande falta de publicitação das Festas, a preocupação com este aspecto leva a que, desde muito cedo, tenham começado as iniciativas para desenvolver actividades que permitissem angariar os fundos necessários e motivar as pessoas para as Festas que se iam realizar.

            Devemos ainda notar que, nos anos cinquenta, se começa a prestar maior atenção ao canto e à dança nos bailes populares, antes referidos como descantes, cantigas ao desafio, despiques, “balhos” ou “balhes” de roda e que agora passam a ser referidos como as “saias”, destacando-se como uma genuína manifestação de cultura popular das gentes de Campo Maior.

 

LINHAS DE ELVAS, nº 358, 7 de Setembro de 1957


Linhas de Elvas em Campo Maior

 

Conforme já temos anunciado, iniciam-se amanhã e prolongam-se até 11 do corrente, as tradicionais Festas do Povo de Campo Maior.

Quando o nosso jornal começar a circular nas ruas de Campo Maior, toda a vila estará em plena festa. As suas ruas, primorosamente ornamentadas, oferecerão o aspecto de um belo e viçoso parque, alvorada de sonho que a intuição artística do povo criou e na qual põe toda a sua alegria e mocidade.

São festas diferentes de todas, as festas de Campo Maior. Nelas transparece uma capacidade de realização e de graça que encanta e que se grava de forma indelével na nossa alma.

Para completa elucidação dos nossos leitores, e em homenagem à gente da nossa terra, a seguir se transcreve na íntegra o programa geral das festas.

 

Dia 8

Às 7 horas – Inauguração das Festas, repique de sino e salva de 21 tiros. Alvorada pela Banda da Academia Musical e Recreativa de Sacavém e pela Banda Municipal de Campo Maior.

Às 8 horas – Missa solenizada com cânticos e orquestra na igreja de S. João Baptista.

Às 10 horas – Procissão com a imagem de S. João Baptista para a igreja matriz, abrilhantada pela Banda da Academia Musical e Recreativa de Sacavém.

Às 11 horas – Missa solene e sermão pregado pelo ilustre orador sagrado Cónego Dr. Felipe Mendeiros, Reitor do Seminário de Évora. O coro de vozes é acompanhado a harmónio e a orquestra sob a direcção do distinto professor de música do Seminário de Vila Viçosa.

Dia 9

Às 7 horas – Alvorada pela Banda Municipal de Campo Maior.

Às 8 horas – Chegada da Banda Municipal de Estremoz que percorrerá as ruas da vila.

Às 18 horas – Corrida de touros abrilhantada pelas bandas de Estremoz e Campo Maior.

Às 22 horas – Espectáculo na Praça da República apresentando pela Emissora Nacional, no qual actuarão os melhores artistas da rádio.

Dia 10

Às 8 horas – Arruada pela Banda Municipal de Estremoz.

Às 18 horas – Corrida de touros abrilhantada pela Banda Municipal de Estremoz.

Às 22 horas – Concerto no jardim público pela Banda Municipal de Estremoz.

Às 0,55 horas – Grandioso baile na esplanada do jardim público, abrilhantado por uma das mais categorizadas orquestras do país.

Dia 11

Às 8 horas – Arruada pela Banda Municipal de Estremoz.

Às 10 horas – Classificação das ruas ornamentadas.

Às 17 horas – Grandiosa gincana de automóveis no Estádio Capitão César Correia, onde se procederá à distribuição dos prémios atribuídos às ruas primeiras classificadas.

Às 22 horas – Espectáculo na Praça da República, onde se exibirá o famoso Rancho Folclórico da Casa do Povo de Casa Branca que rivaliza com o já conhecido Rancho da Casa do Povo da Vila do Cano.

Às 0 horas – Largada de um balão e encerramento das festas.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 19:16



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D