Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O QUE DIZEM OS DOCUMENTOS XIV

por Francisco Galego, em 01.04.11

Em 31 de Março de 1931, O Campomaiorense reapareceu numa terceira e última fase que iria ser de curta duração. Nesta última fase, o jornal era assumidamente apoiante do novo regime e, de uma perspectiva meramente jornalista, terá sido a sua fase menos interessante, voltando-se para uma elite local muito restrita e bastante fechada e consumindo-se em questiúnculas políticas e arrazoados de exaltação da nova situação política. É este um dos jornais que nos trazem a descrição das Festas que se realizaram neste período.

 

 

O Campomaiorense, 8 de Julho de 1934

FESTA DO POVO

   Continua despertando muito interesse na população desta vila, a realização, que promete ser brilhante, das tradicionais Festas do Povo.

   A comissão organizadora tem recebido valiosos donativos, esperando que quem pode fazê-lo a auxilie, de forma a poder realizar com êxito a sua iniciativa.

   E bem o merecem, diremos nós.

   Porque, nem só de pão se vive e é até louvável que ao povo se proporcione um pouco de prazer espiritual, por via de espectáculos da sua preferência como estas festas, em que cada um se alheia por momentos, das preocupações e das dificuldades da vida.

   Se a vida não corre de feição, nem por se andar de cabeça baixa, com cara de dia de finados, se remedeia alguma coisa … Pelo contrário, quanto mais triste se ande, menos as dívidas se pagam …

   De resto, a receita líquida é para a Misericórdia e para a Casa do Povo.

   Não há, portanto, mesmo para os macambúzios e taciturnos, para os que querem isolar-se no seu pessimismo, mal tolerando uma gargalhada saudável do seu próximo, motivo ou razão de peso que valha qualquer má vontade.

   As Festas do Povo vão fazer-se e muito bem.

   E o comércio local tem todo o interesse em auxiliar a sua realização.

   É preciso que não falte. Por nós, repetimos, contem connosco rapazes.

 

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 15:18



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2020
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2019
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2018
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2017
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2016
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2015
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2014
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2013
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2012
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2011
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2010
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2009
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2008
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D
  170. 2007
  171. J
  172. F
  173. M
  174. A
  175. M
  176. J
  177. J
  178. A
  179. S
  180. O
  181. N
  182. D