Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]



Este texto é a primeira crónica conhecida de um jogo de futebol, envolvendo uma equipa de Campo Maior.

Foi escrita por João Ruivo que participou no jogo como captain do “5 de Outubro” e fez a sua reportagem para o jornal de Elvas O Leste, sendo publicada no Nº 25 de 20/2/1916, p. 3 e 4.

Este “5 de Outubro” foi criado em 1915. João Ruivo foi um dos seus fundadores, tendo redigido os seus estatutos.

Antes já tinham sido formados dois grupos para a prática do futebol em Campo Maior: o “Lusitano Sporting Club” e o “Grupo Sportivo Campomaiorense”. Ambos se dissolveram quando se organizou o “Club 5 de Outubro”. Devido à Guerra de 1914-1918, que mobilizou boa parte dos seus jogadores, a sua actividade cessou em 1916. Todos os clubes que, depois, existiram em Campo Maior, incluindo o Sporting Clube Campomaiorense, tiveram importante intervenção de João Ruivo, na sua fundação.

 

 

“O 1º grupo do 5 de Outubro jogou, no passado Domingo, em Campo Maior, um desafio com a União. Estava uma tarde primaveril, motivo porque a assistência foi numerosa, principalmente de senhoras que animavam o campo com a sua graça juvenil, obrigando os jogadores a distraírem-se.

                Às 15 horas, feito o sinal pelo juiz de Campo, (Loureiro), deram entrada no campo os dois grupos compostos dos seguintes jogadores:

U.D.E. – Adelino Gonçalves; Mário Gonçalves; José Rodrigues (Captain); J. Lopes; F. Braz; M. Florêncio; Caldeira; Carvalho; Pereira e Caldas.

C. D. 5 Out. – Mourato; José Ruivo; Guitano; Saragoça; João Ruivo (Captain.); Garcia; Botica; Sérgio e Alberto Mourato.

                Da União faltou Terrinca; e do 5d’Outubro faltaram Serafim e Ensina. Daí talvez ter a União marcado na primeira parte 3 bolas, sendo duas por corner kick, muito bem marcadas por Braz. Adelino defendeu bem a rede destacando-se ao defender galhardamente um penalty. Os backs Rodrigues e Gonçalves, igualmente bem.

                Dos restantes jogadores da União não nos ocuparemos detalhadamente pois não podemos apreciar devidamente o seu jogo. Todavia, vimos que jogaram com algum método, passando muito bem a bola.

                O C. D. 5. Out. mostrou-se ainda pouco conhecedor das passagens, chutando com muita força, dando em resultado entregarem a bola constantemente aos adversários e limitando-se à defesa quase todo o jogo, pois fizeram poucas e mal rematadas avançadas.

Na segunda parte, quiçá por entrarem nos seus lugares os jogadores que haviam faltado à primeira, jogou-se com mais calor, defendendo melhor o C. D. 5. Out. pelo que não se marcou nenhuma bola, contribuindo também para isso o facto de o half-centro Braz do U.D.E. ter abandonado o campo por motivos estranhos ao desafio. Aparte este pequeno incidente, o desafio decorreu no meio do maior entusiasmo, jogou-se com a máxima correcção de parte a parte. Findo o desafio vitoriaram-se os dois grupos com os “Hurrahs!” do estilo, indo em seguida abancar no restaurante Gavião Branco onde lhes foi servido um lanche pela direcção do C.D.5.Out.

                Às 20 horas retiraram-se para Elvas os jogadores da União que se mostraram penhorados pela maneira como foram recebidos pelos seus camaradas de Campo Maior. E assim terminou um dia que marca mais uma vitória para o desporto em terras alentejanas. Brevemente irá o C.D.5.O. a essa cidade jogar com a União para desforrar-se da lição-derrota …

Bom seria que os senhores jogadores do 5 d’Outubro se convencessem de que a disciplina é a base da “Association” e que, em vez de andarem a flirtar pelas calles, se lembrassem dos seus compromissos e obrigações, para evitar casos como o de Domingo.

                E viva o futebol!

                J. R. (João Ruivo)

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 18:41


Comentar:

CorretorEmoji

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D