Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]




O FUTEBOL: Como tudo começou...(XV)

por Francisco Galego, em 15.07.10

Foi nos anos vinte do século passado que se fizeram os primeiros ensaios de selecções nacionais para jogos com equipas estrangeiras, embora esses teams encarregados de representarem o país, fossem quase exclusivamente constituídos por jogadores dos clubes de Lisboa. Num jogo disputado em 18 de Dezembro de 1921, a equipa portuguesa integrava jogadores do Sporting Club de Portugal, do Sport Lisboa e Benfica, do Casa Pia Atlético Club, do Club Internacional de Futebol (CIF), todos clubes da capital, e apenas um jogador do Futebol Club do Porto que, significativamente, antes tinha jogado num clube de Lisboa. Neste tempo, ainda que de forma camuflada, surgiram as primeiras tentativas de aliciamento dos melhores jogadores pelos melhores clubes que lhes ofereciam compensações económicas, constituindo-se assim os primeiros ensaios de profissionalização dos jogadores.

Em 1922 disputou-se o primeiro Campeonato de Portugal, entre o Sporting Clube de Portugal e o Futebol Clube do Porto tendo sido disputado em duas mãos com um terceiro jogo para desempatar.

Em 1923, Portugal que era membro provisório da FIFA desde 1914, oficializou a sua integração neste organismo internacional.

A partir de 1923, com a generalização das Associações de Futebol, o Campeonato de Portugal pôde alargar-se a outros clubes como o Olhanense, campeão em 1924, o Marítimo, campeão em 1926, o Belenenses em 1927 e 1929 e o Carcavelinhos em 1928. O Sporting foi campeão em 1923 e o Porto em 1925.

No mesmo dia em que terminou a 1ª República derrubada pelo golpe militar do 28 de Maio de 1926, a União Portuguesa de Futebol deu lugar à Federação Portuguesa de Futebol , organismo que passava a superintender em todas as questões deste desporto, incluindo a organização dos campeonatos tanto a nível nacional como internacional.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:07



Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2019
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2018
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2017
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2016
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2015
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2014
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2013
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2012
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2011
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2010
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2009
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2008
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D
  157. 2007
  158. J
  159. F
  160. M
  161. A
  162. M
  163. J
  164. J
  165. A
  166. S
  167. O
  168. N
  169. D