Saltar para: Posts [1], Pesquisa e Arquivos [2]




Aa questões climáticas

por Francisco Galego, em 22.12.09

Estará a vida na Terra em risco? Segundo a opinião de vários cientistas que se dedicam ao estudo das variações climáticas, esta década que agora termina, terá sido uma das mais quentes desde 1850. Segundo os estudos realizados, este aumento da temperatura resultou da emissão de gases com efeitos de estufa. O Mundo tem várias regiões e muitas espécies de seres vivos ameaçadas. Como alerta para os perigos que nos ameaçam podemos apontar, como dois exemplos significativos, o dos glaciares da Gronelândia e o dos ursos polares na Rússia.

 O problema das alterações climáticas têm sido levantado em três vertentes que tem agido a três níveis diferenciados e que começaram a manifestar as suas preocupações em distintos tempos:

1. Num primeiro momento foram os grupos ecologistas que começaram a protestar contra os excessos de um desenvolvimento económico desenfreado. Estes protestos enfrentaram uma indiferença generalizada aos efeitos colaterais e suscitaram uma grande hostilidade aos sinais de alerta e a todas as acções de contestação. As reacções contra estes movimentos vieram tanto do campo empresarial como dos responsáveis políticos;

2. Depois, foram os políticos que, perante a evidência do desastre que fora desencadeado, não podendo ignorar os efeitos cada vez mais evidentes, nem calar os protestos crescentes, temendo as consequências sociais que se evidenciavam, passaram ter a uma intervenção aberta como a que se tem verificado nas diversas conferências que já se realizaram sobre esta questão;

3. Já se começaram a manifestar também as preocupações da terceira vertente pois que, perante uma pressão impossível de conter e perante a evidência do desastre para que se está a caminhar, os empresários, os cientistas e os técnicos, se apressam agora a encontrar soluções que possam, sem diminuir o progresso tecnológico e sem afectar o desenvolvimento da economia, evitar os efeitos perniciosos que põem em risco a sobrevivência da vida no nosso planeta.

 

Autoria e outros dados (tags, etc)

publicado às 09:00


Mais sobre mim

foto do autor


Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.


Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2017
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2016
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2015
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2014
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D
  66. 2013
  67. J
  68. F
  69. M
  70. A
  71. M
  72. J
  73. J
  74. A
  75. S
  76. O
  77. N
  78. D
  79. 2012
  80. J
  81. F
  82. M
  83. A
  84. M
  85. J
  86. J
  87. A
  88. S
  89. O
  90. N
  91. D
  92. 2011
  93. J
  94. F
  95. M
  96. A
  97. M
  98. J
  99. J
  100. A
  101. S
  102. O
  103. N
  104. D
  105. 2010
  106. J
  107. F
  108. M
  109. A
  110. M
  111. J
  112. J
  113. A
  114. S
  115. O
  116. N
  117. D
  118. 2009
  119. J
  120. F
  121. M
  122. A
  123. M
  124. J
  125. J
  126. A
  127. S
  128. O
  129. N
  130. D
  131. 2008
  132. J
  133. F
  134. M
  135. A
  136. M
  137. J
  138. J
  139. A
  140. S
  141. O
  142. N
  143. D
  144. 2007
  145. J
  146. F
  147. M
  148. A
  149. M
  150. J
  151. J
  152. A
  153. S
  154. O
  155. N
  156. D