Terça-feira, 29 de Março de 2016

A Primavera vai rompendo a custo.

Há um Inverno que custa a despedir-se.

Mas, sinal da mudança em curso, temos uma novidade.

Os melros parecem estar a tomar a vila como seu habitat.

Vamos pelas ruas e os seus chilreios descem dos telhados.

São belas melodias assobiadas.

Creio, que se trata de uma estratégia de encantamento, convidando as fêmeas para acasalarem.

Um deles instalou-se nos telhados que rodeiam o meu terraço.

Estive lá a ouvi-lo durante algum tempo.

Que bem que esta pequena ave, que tem como roupeta uma triste penagem negra, consegue produzir tão elaborados cantos!

Acho que merece encontrar a recompensa que procura.

Boa sorte, amigo!

Que o “deus das pequenas aves” te conceda a companheira que acalme os teus desejos!



publicado por Francisco Galego às 09:54
Aqui se transcrevem textos, documentos e notícias que se referem à vida em Campo Maior ao longo dos tempos
mais sobre mim
Março 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

13
14
16
17
18
19

21
22
23
24
25
26

27
28
30
31


arquivos
pesquisar neste blog
 
Visitas
blogs SAPO