Quinta-feira, 15 de Dezembro de 2016

Nota:

Segundo Albert Silbert, que numa notícia de 1758 faz referências pormenorizadas ao estatuto e utilização destas terras comunais, estes termos designam terrenos possuídos e geridos por uma comunidade local, ou pela administração de um concelho; geralmente terras incultas que serviam para pastos comuns e de logrador ao dispor da população local.

 

AS SORTES DA GODINHA

 

A DEMOCRACIA, Nº 159, Elvas, 12 de Janeiro de 1871

“A Ex.ma câmara municipal está já procedendo à demarcação e numeração das sortes da Godinha; fez uma distribuição o mais lata possível, de modo que, não só todos os chefes de família serão contemplados com uma sorte de uns 5 alqueires de terra, senão também todos os órfãos de pai e mãe, estejam ou não estabelecidos e vivam ou não em comum ou separados. É imerecida a censura que alguns fazem à câmara por a forma ou o sistema de terra que mais viria a pertencer a cada chefe de família. Contraste-se isto com o honroso procedimento da câmara, cujos membros não quiseram ser contemplados na distribuição das sortes. Louvor à sua abnegação.”

Campo Maior, Janeiro 7. O correspondente: Manuel Rosado Pimpão Junior

 

Nota: Essas parcelas de terra foram atribuidas a quase todos os chefes de família residentes no concelho e com a sua situação de vizinhos regularizada. Na maior parte delas foi feito o plantio do olival e da vinha, Devido á maneira como foram sorteadas, designaram-se como "as sortes da Godinha".



publicado por Francisco Galego às 23:58
Aqui se transcrevem textos, documentos e notícias que se referem à vida em Campo Maior ao longo dos tempos
mais sobre mim
Dezembro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9

12
14
16

18
19
21
23

26
27
28
29
31


arquivos
pesquisar neste blog
 
Visitas
blogs SAPO