Sexta-feira, 13 de Maio de 2016

s345x255.jpg

 FONTE DE S. FRANCISCO

 

A fonte actual tem um efeito meramente decorativo.

Foi deslocada para o seu local actual, no século passado.

A data que ostenta, 1766, é a da sua construção inicial. Mas a fonte foi transferida no início do século XX, quando da demolição da cortina de muralha seiscentista que ligava o baluarte de S. Francisco ao meio baluarte de Santa Rosa. A "abertura" que se fez naquele local deu o nome àquela zona que, na linguagem popular, passou a ser designada como a "Abertura".

s346x255.jpg

 

INSCRIÇÃO NO FRONTESPÍCIO DA FONTE:

 

A DEUS TAIS CLAMORES LEVANTARÃO

A DEUS EM ALTAS VOZES INVOCARÃO

E DEPOIS QUE SEU CLAMOR SOOU

PIQUENA FONTE IMPERIO SE TORNOU

E COPIOSAS AGUAS TRANSBORDARÃO

1766

 

Primeiramente a fonte  ficava defronte da actual Rua de S. Francisco e fazia parte de uma estrutura que, além da fonte propriamente dita, alimentava  também um bebedouro para animais (chafariz) que ficava um pouco mais abaixo e um tanque para lavagem de roupas. Naquele tempo,  frente ao chafariz  ficava um largo que, por isso  mesmo, era  chamado largo do chafariz.O tanque de lavagem de roupas ficava  no sítio que agora é ocupado por um edifício que já foi lagar de azeite e é agora uma oficina de mecânica automóvel.

 



publicado por Francisco Galego às 00:19
Aqui se transcrevem textos, documentos e notícias que se referem à vida em Campo Maior ao longo dos tempos
mais sobre mim
Maio 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6
7

8
9
10
11
12
14

16
17
19
21

22
23
24
26
27
28

29
31


arquivos
pesquisar neste blog
 
Visitas
blogs SAPO