Terça-feira, 23 de Fevereiro de 2016

Ontem sentimos algum cansaço. Consequente do esforço de anteontem. Da idade também, pois que esta impõe cada vez mais as suas limitações, exigindo novas maneiras de regular hábitos e projectos.

O “Almanaque” informava: Começo da fase de LUA CHEIA. Regressam os grandes luares que deixam os terraços alumiados, numa espécie de “quase-noite” que liga os crespúsculos com as auroras.

Mas, o “Almanaque” enganou-se redondamente, ao anunciar “chuva e trovoada” para um esplendoroso dia de sol que nos brindava com uma temperatura de 24º, às 14.15 da tarde.

Diz também o “Almanaque” que era o “Dia do Pensamento”. Coisa mais absurda!... Como se pudessem existir dias em que não tivessemos que pensar... Às vezes torna-se impossível seguir a linha de pensamento destas “folhas” que já debitam “sentenças há 87 anos. Pois é! A idade não perdoa... Isto é a progressiva esclerose a ditar a falta de juizo esclarecido sobre as coisas. Enfim... É preciso respeitar os mais velhos, embora dando o devido desconto aos desacertos que vão comentendo. Vai chegar a vez em que, cada um de nós, começará também a misturar pensamentos com alucinações. É a lei da vida. Temos que a aceitar. Já agora que venha devagar.

Não há razão para que se apresse.



publicado por Francisco Galego às 08:41
Aqui se transcrevem textos, documentos e notícias que se referem à vida em Campo Maior ao longo dos tempos
mais sobre mim
Fevereiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5
6

7
8
9
11
12
13

15
17
18
19

21
24
25
26

28
29


arquivos
pesquisar neste blog
 
Visitas
blogs SAPO