Domingo, 03 de Abril de 2016

Fonte: Bucho, Domingos  – Fortificações de Campo Maior; História, arquitectura e restauro. Portalegre.2002

 

NAS FORTIFICAÇÕES MEDIEVAIS DE CAMPO MAIOR,

podemos considerar 4 períodos:

 

               - Um 1º período anterior a D. Dinis,

 

                            - provavelmente começado com os mouros,

                              de que há apenas ténues indícios;

 

               - Um 2º período (séculos XIII e XIV),  que começou com D. Dinis

 

                             - em que se elevou a Torre de Menagem no castelo;

                             - se construiu uma cerca urbana rodeando a vila,

                               com duas portas:

                                                   - a porta da vila

                                                   - a porta falsa, ou da traição;

                              - se levantaram os torreõe ligados

                                 pelos tramos da muralha.

           

                  - Um 3º período (século XIV), período fernandino e joanino,

 

                               - em que foram construídas as barbacãs (barreiras

                                 que envolviam todo o perímetro das muralhas

                                 e do castelo;

                            

 

                  - Um 4º período (século XV), período joanino,

 

                                 - em que as muralhas e as barbacãs

                                   foram dotadas das ameias;

 

                  - Um 5º período ( início do século XVI), período manuelino,

 

                                 - em que foi construído o torreão facetado

                                   que protege a porta de entrada na cerca virada a este

                                   e a janela manuelina que hoje está

                                   na torre principal do castelo.

 

A velha fortificação medieval, foi reconstruída após a explosão de 1732, mas com grandes modificações.

 

Como sendo do período anterior, temos provas documentais da existência dos seguintes  elementos:

 

                       - O torreão de secção em U e frente sextavada que possui

                         a actual entrada, com brasão de D. Manuel I, sotoposto;

 

                        - A desaparecida Torre de Menagem;

 

                       - As desaparecidas nove ruas interiores às muralhas medievais

                         que formavam a "vila Velha";

 

                       - A janela da torre N do castelo que apresenta lavores

                         ao gosto do Manuelino e do Renascimento;

 

                       - Alguns panos de muralha com ameias reconstruídas

                         depois do rebentamento do paiol que estava instalado

                         na torre de menagem.

 

 

 



publicado por Francisco Galego às 00:05
Aqui se transcrevem textos, documentos e notícias que se referem à vida em Campo Maior ao longo dos tempos
mais sobre mim
Abril 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
12
13
15
16

18
19
21
22

25
26
27
29
30


arquivos
pesquisar neste blog
 
Visitas
blogs SAPO