Sexta-feira, 30 de Março de 2007

As Festas do Povo de Campo Maior têm as suas origens mais antigas no culto a S. João Baptista, constituído padroeiro de Campo Maior desde o século XVI. As comemorações em honra do Precursor de Cristo, remontam ao século XVIII. Começaram a fazer-se como forma de agradecer ao santo ter salvo Campo Maior nas aflições de um cerco por tropas invasoras que estavam na eminência de tomar de assalto a povoação, no contexto da Guerra de Sucessão de Espanha.

Na forma que até hoje têm revestido, começaram a fazer-se no ano de 1893. Desde então, até hoje, realizaram-se 32 vezes, com grande irregularidade, segundo os caprichos da fortuna e os acasos da política. Por várias vezes, os períodos de interrupção foram tão longos que parecia que esta tradição se ia para sempre perder. Mas, quando tudo parecia irremediavelmente esquecido, elas voltavam.

As Festas do Povo foram-se adaptando às transformações sofridas pela sociedade. Mas sempre crescendo em criatividade, em grandeza e em fama. A notoriedade alcançada há muito passou para além do espaço regional e das fronteiras de Portugal.

Sendo sempre incerta a sua continuidade, procurou-se com este livro deixar um testemunho, tão completo quanto possível, da sua evolução.

GALEGO, Francisco Pereira (2004). Campo Maior. As Festas do Povo, das origens à actualidade. Lisboa: Livros Horizonte.

 



publicado por Francisco Galego às 15:45
Aqui se transcrevem textos, documentos e notícias que se referem à vida em Campo Maior ao longo dos tempos
mais sobre mim
Março 2007
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3

4
5
6
7
8
9
10

11
12
15
17

18
19
20
21
22
24

25
26
27
28
29
31


arquivos
pesquisar neste blog
 
Visitas
blogs SAPO