Sexta-feira, 07 de Janeiro de 2011

Em Campo Maior há uma rua que começa no jardim a que se chama a Avenida e só termina em acentuada ladeira quando se cruza com a antiga rua da Barreia. Essa rua era, toda ela, uma só e, noutros tempos, era chamada Rua da Cadeia porque a cadeia civil do município ficava precisamente localizada no edifício em que a rua termina. Se olharmos para o cimo desse edifício, podemos constatar que ainda lá está o campanário que sustentava o sino da cadeia. Mas o povo foi-a dividindo em três: ao primeiro troço, chamava Rua da Praça Velha, depois que a Praça Nova foi construída por volta de 1740; ao segundo troço, a rua que hoje se chama Rua 1º de Maio, que antes era oficialmente chamada Rua Dr. Oliveira Salazar, o povo sempre chamou Rua do Tenente General, sem que tenha ficado memória de que Tenente General se tratava; ao terceiro troço, que começa no cruzamento com as Mourarias, o povo chamava Rua da Carreia porque aí paravam as diligências da mala-posta.

Mas antes de tudo isso, já existia cadeia, embora fosse outra a sua localização:

Na primeira década de Quinhentos, a cadeia de Campo Maior estava instalada no piso térreo da torre de menagem (1) no interior do Castelo. Cerca de dois decénios depois foi transferida para a Praça, actualmente conhecida por Praça Velha, situada no espaço que medeia entre os altos muros do recinto medieval virado a norte e a respectiva barbacã (2). Ali, numas casas adaptadas para o efeito, que ‘por ordem de sua Majestade, passada no ano de 1524, se compraram naquele sitio, funcionou durante vários séculos a prisão concelhia. (In, Rui Vieira, 1999, p. 135)

(1)   Que explodiu em 1732.

(2)   À barbacã ou muralha exterior, também se chamava barreia, daí o nome da rua.



publicado por Francisco Galego às 16:09
Aqui se transcrevem textos, documentos e notícias que se referem à vida em Campo Maior ao longo dos tempos
mais sobre mim
Janeiro 2011
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
13
14
15

17
18
19
21
22

23
25
26
27
28
29

31


arquivos
pesquisar neste blog
 
Visitas
blogs SAPO