Sábado, 26 de Junho de 2010

Logo a seguir à Revolução do 5 de Outubro, tinham existido condições para o desenvolvimento de clubes de futebol porque os ideais republicanos incluíam as preocupações com as questões educativas e com a prática dos desportos. Mas, a instabilidade constante provocada pelas disputas partidárias a nível interno, e a participação na Guerra de 1914-18, com a mobilização das gerações que estavam em idade de se dedicarem á prática desportiva, impediram, o desenvolvimento da prática do futebol. Apesar de tudo, alguns clubes foram fundados, embora não tenham conseguido grande notoriedade até aos anos 20.

No jornal A Voz de Portalegre  de Setembro de 1932, vem um artigo interessante de alguém que, tendo sido testemunha directa dos factos, retrata com vivacidade e colorido a realidade desde pequenos clubes pioneiros na prática do futebol, quando este estava ainda muito próximo das suas origens. Referindo-se aos tempos iniciais do Sport Club Estrela, fundado em 1919, diz o cronista: Nasceu de uma pleiade de rapazes de 10 a 15 anos que jogavam com pélas de trapos, de pé de meia, de borracha e, mais tarde, de couro, servindo-lhes de catchú uma bexiga de vaca. A equipa era interessante: cada um jogava com o que trazia vestido. Uns de blusa, outros de casaco, outros de mangas de camisa; uns de calças, outros de calções; uns de botas, outros de sapatos e outros de alpercatas...

Porque não tinham sede escolheram o nome adequado à sede que então tinham “debaixo das estrelas”: Sport Club Estrela.

Podemos facilmente aceitar que a realidade assim descrita estará muito próxima do que seriam muitos pequenos clubes que, nessa época ensaiavam os primeiros jogos de futebol.



publicado por Francisco Galego às 09:08
Aqui se transcrevem textos, documentos e notícias que se referem à vida em Campo Maior ao longo dos tempos
mais sobre mim
Junho 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
11
12

14
15
17
19

21
22
24
25

27
28
30


arquivos
pesquisar neste blog
 
Visitas
blogs SAPO