Domingo, 02 de Maio de 2010

 

Da imprensa:

 

Milhares de adeptos do Benfica, que chegaram à estação de Campanhã, no Porto, em dois comboios especiais, estão já no Estádio do Dragão. Os agentes da PSP que abriam caminho foram apedrejados antes da chegada ao estádio.

 

A PSP decidiu não aumentar o número de agentes de segurança para o clássico desta noite, depois de uma avaliação aos incidentes que rodearam a chegada do Benfica à Invicta e o clima de tensão antes da partida.

 

Ontem, na chegada ao Porto, a comitiva encarnada viu o seu autocarro ser apedrejado e algumas casas do clube no Norte serem vandalizadas. O jogo entre FC Porto e Benfica foi considerado de "alto risco" pelas forças de segurança, que destacaram cerca de 750 agentes para a operação.

…Vinha de carro na A1 por volta de Leiria quando o pára-brisas foi atingido por aquilo que pensei ser areia ou pequenas pedras, projectadas pelo autocarro laranja de dois pisos que ia à minha frente. Mas logo percebi que era outra coisa: uma garrafa de vidro tinha sido atirada do autocarro para um carro que o estava a ultrapassar e os estilhaços tinham atingido o meu. Verifiquei então que qualquer carro que tentava ultrapassar o autocarro era bombardeado com garrafas de cerveja, latas e outros objectos, tudo isto a velocidades de auto-estrada, mais ou menos à volta de 120 quilómetros hora. Vários carros ziguezaguearam na estrada e quase atingiram o separador …Apercebi-me então que se tratava de uma claque de futebol… Um dia morre alguém e quero ver as explicações que nos vão ser dadas.

Os do clube da Luz seguiram para o Estádio do Dragão pelas traseiras da estação de comboios, escoltados por dezenas de polícias. Seguiram numa fila controlada, num percurso de cerca de dois quilómetros, mas acabaram por ser alvo de insultos e houve algumas pedradas e confrontos. Há incidentes também em São Roque e algumas viaturas ficaram danificadas.

O autocarro do Benfica foi apedrejado esta tarde por um grupo de adolescentes à saída da A1 para Gaia-Coimbrões, deixando várias marcas no veículo. O vidro da frente ficou estalado e há apenas a registar uma "ferida ligeira na mão de um agente".  O autocarro do Benfica foi atingido por pedras e bolas de golfe à chegada ao Estádio do Dragão. Uma das bolas partiu um vidro perto do argentino Pablo Aimar e do brasileiro Alan Kardec, que sofreram ferimentos na cara.


tags:

publicado por Francisco Galego às 19:31
Aqui se transcrevem textos, documentos e notícias que se referem à vida em Campo Maior ao longo dos tempos
mais sobre mim
Maio 2010
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
12
13
15

16
18
19
21
22

24
25
27
28

30
31


arquivos
pesquisar neste blog
 
Visitas
blogs SAPO