Terça-feira, 15 de Dezembro de 2009

No início deste mês, os jornais trouxeram a notícia de que, em resultado da provável afluência massiva de doentes afectados pela gripe A ou pela gripe sazonal, no período do Natal ou no fim do ano, os serviços de saúde admitiam a necessidade de requisitar clínicos que estejam em gozo de férias. Mas apressaram-se também a noticiar que os sindicatos declaravam que tal decisão seria ilegal.

E eu a julgar que, acima de tudo, os médicos devem acudir sempre que a vida dos doentes esteja em perigo. Será ingenuidade minha pensar que os deveres deontológicos que definem as obrigações dos médicos devem estar acima dos seus direitos laborais?

Penso mesmo que, em situação de emergência, os médicos acudiriam voluntariamente sem levantarem qualquer objecção. Bem, ou os médicos mudaram muito, ou eu sou um ingénuo optimista, completamente iludido sobre a questão das vocações.


tags:

publicado por Francisco Galego às 11:52
Aqui se transcrevem textos, documentos e notícias que se referem à vida em Campo Maior ao longo dos tempos
mais sobre mim
Dezembro 2009
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
12

14
16
17
19

20
21
23
24
25

27
28
29
30
31


arquivos
pesquisar neste blog
 
Visitas
blogs SAPO