Sábado, 01 de Março de 2008
 
CASTELO E FORTALEZA (Segundo João Mariano do Carmo Fonseca)
 
“…El-Rei D. Dinis reduziu a melhor forma essa tal ou qual fortificação que havia, construindo novos muros, reparando outros antigos, destruindo deles muitos que impediam a execução do plano segundo o qual se fez o castelo na parte mais alta da vila, ficando dentro dela a Igreja de Santa Clara que então era freguesia e se conservou com este mesmo Orago até 1530, em que, por ocasião de se reedificar a Igreja, se mudou para o de Nossa Senhora da Assumpção que teve até 1646, em cujo tempo a nova Igreja , construída no interior da vila começou a servir de paróquia sob o Orago de Nossa Senhora da Expectação.
Também ficaram dentro algumas casas, mas poucas; a maior parte ficou fora.
Foi construída esta nobre fortaleza no ano de 1310.
Desde o reinado de D. Dinis até ao d’El-Rei D. João II não consta que houvesse alteração na forma deste castelo. Porém, este monarca deu-lhe mais extensão, alargando-a para a parte do ocidente e acrescentando-lhe uma grande torre, a que se chamou torre de menagem…
D. João II pôs também novas Armas à vila.
Seguiu-se El-Rei D. Manuel. No seu tempo se fez a grande redução da vila ao estado em que de presente se acha, no que respeita á sua extensão. Para se formarem as muralhas que a cercam em roda, arrasaram-se edifícios e se cortaram ruas. Ainda hoje existem algumas; de outras nem memória há de seus nomes a não ser nas antigas escrituras. Fechada a vila com a nova cerca, ficou com duas portas: uma para Norte, com o nome de S. Pedro; outra para o Ocidente, com o nome de Santa Maria.
Antes havia na vila quatro entradas e em cada uma delas uma grande cruz de mármore. O lugar da primeira era junto à Ermida de S. Pedro. O da segunda junto à Ermida de Santa Maria dos Pastores, que ficava à parte esquerda do rastilho da porta deste nome. Esta Ermida veio a ser derrubada. A terceira estava numa encosta vizinha a esta Ermida. A quarta estava num sítio chamado o Prado.
Permaneceu a praça com esta fortificação todo o tempo que mediou entre El-Rei D. Manuel e El-Rei D. João IV, no governo do qual foi consideravelmente alterada e reduzida ao sistema moderno.


publicado por Francisco Galego às 17:19
Aqui se transcrevem textos, documentos e notícias que se referem à vida em Campo Maior ao longo dos tempos
mais sobre mim
Março 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30


arquivos
pesquisar neste blog
 
Visitas
blogs SAPO