Domingo, 13 de Janeiro de 2008
D. DINIS        (1279 – 1325) 46 Anos (educadores: Eméric d’Ebrard e Domingos Jardo) (subiu ao trono com 18 anos mas muito bem preparado)
             
1290 - Nas proximidades da aldeia existia, no ano de 1290, um castelo, então designado por “castelo velho de Campo Maior”, certamente para o distinguir do “castelo novo”, já então erguido no local onde se encontra.” (Rui Vieira, 2002)
1295 – Guerra civil em Castela: D. Dinis aliou-se a Sancho IV de Leão e Castela
1296 - (…) Na mesma forma passava a ribeira de Caia, onde estava o castelo de Campo Maior, com seus limites. Estas terras as tiveram (os de Elvas) porque as tomaram dos mouros, como se vê da carta seguinte:
Dom Dinis, por graça de Deus Rei de Portugal e do Algarve, a quantos esta carta virem, faço saber que: Eu, por fazer mercê ao Conselho de Elvas e porque eles têm grande coração para me servirem, dou-lhes para todo o sempre por termo os Castelos de Campo Maior e Alvalade que eles tomaram com todos os seus termos novos e velhos e com todos os seus direitos. E para que esta doação seja firme e dela não haja dúvida, dou a esse Concelho esta minha carta para que a tenha por testemunho. Dada em Santarém no primeiro de Dezembro da era de 1334, que vem a ser o ano de 1296.
1297 – Assinado um Tratado em Alcanizes em 12 de Setembro de 1297 pelos reis D. Dinis de Portugal e D. Fernando IV de Castela e Leão.
A 30 de Outubro de 1297, uma quarta-feira ao nascer do sol, fez-se a entrega da vila de Campo Maior “com todos os seu termos e pertenças … para todo o sempre”, na presença de representantes de sete concelhos portugueses (Avis, Juromenha, Sousel, Elvas, Marvão, Estremoz, Vila Viçosa) e de Valença por Castela. No mesmo dia à tarde procedeu-se a igual cerimónia em Ouguela.
Quando a vila foi entregue a D. Dinis foi somente no temporal, porque no espiritual fico sujeito ao bispo de Badajoz a quem os de Campo Maior pagavam os dízimos. (Estêvão da Gama p. 35)
D. Dinis terá desanexado o Castelo de Campo Maior da jurisdição de Elvas para honrar a povoação com o título de Vila, provavelmente no ano de 1298. Este rei mandou “espargir moeda”, concedendo a Campo Maior e a Ouguela forais como o de Évora e a Olivença foral como o de Elvas. (Rui Vieira, 1985)
 
1299 - A 31 de Janeiro de 1299, por carta real, D. Dinis ordenou a demarcação dos termos das vilas de Arronches, Ouguela e Campo Maior.
 
1301 - D. Dinis fez doação da vila de Campo Maior, por carta de 5 de Julho de1301, a sua irmã D. Branca, por vida desta.
1312 - Campo Maior passou para a posse de Afonso Sanches filho natural de D. Dinis.
1314 – Uma crónica (Crónica de 1314) refere que D. Dinis restaurou e reforçou os castelos de Moura, Serpa, Arraiolos, Monsaraz, Noudar, Juromenha, Alandroal, Olivença, Campo Maior, Ouguela, Monforte, Veiros, Alegrete, Arronches, Portalegre, Marvão, São Félix de Galegos, Castelo de Vide, Borba, Vila Viçosa, Évora Monte, Sabugal, Alfaiates, Castelo Rodrigues, Vila Maior, Castelo Bom, Almeida, Castelo Melhor, Castelo Mendo, Avô, Miranda, Monção, Castro Laboreiro, Guimarães.
1318 - D. Afonso Sanches vendeu a vila com todos os seus direitos a seu pai. A partir daí a vila passou a ser pertença da coroa. (Não se sabe que a vila tenha tido outros senhores, pois que, desde esse tempo até ao presente, ficou sempre na coroa de Portugal. O rei D. Manuel deu-lhe o privilégio de que não seria nunca desanexado da coroa, nem se daria o senhorio a pessoa particular).
 
D. FERNANDO
1368 - Em 15 de Março de 1368 D. Fernando esteve em Campo Maior, passando depois a Elvas e Juromenha.
1379 - D. Fernando confirmou os privilégios do bispo de Badajoz sobre Campo Maior. Até ao fim da primeira dinastia os bispos de Badajoz vão manter interesses em Campo Maior e a tutela da sua Igreja a nível espiritual.


publicado por Francisco Galego às 19:00
Aqui se transcrevem textos, documentos e notícias que se referem à vida em Campo Maior ao longo dos tempos
mais sobre mim
Janeiro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2
3
4
5

6
7
8
9
10
11
12

14
15
16
17
18
19

20
21
22
23
25
26

27
28
29
30
31


arquivos
pesquisar neste blog
 
Visitas
blogs SAPO